10 de mai de 2017

O rei Lear

"Julgas que o dever terá medo de falar quando o poder se curva à adulação? A honra tem de ser sincera quando a majestade se perde na loucura. Conserva o teu comando, considera e reflete, freia esse impulso hediondo. Respondo por minha opinião com a minha vida; tua filha mais moça não é a que te ama menos; não está vazio o coração cujo som, por isso mesmo, não ressoa."

William Shakespeare. O Rei Lear. p. 12.

Ford Madox Brown, 'Lear and Cordelia' 1849–54

Nenhum comentário: