8 de abr de 2015

O amor nos tempos de cólera.

"Era ainda jovem demais para saber que a memória do coração elimina as más lembranças e enaltece as boas e que graças a esse artifício conseguimos suportar o passado."

(Gabriel García Márquez. O Amor nos Tempos de Cólera. Página 134.)



Nenhum comentário: