27 de nov de 2012

Raul me conquistou.

Foi um processo lento, uma música cantada no meu ouvido dia sim, dia não. Depois, uma troca de olhares e, de repente, estava com toda discografia na minha frente! Foi muito para mim. Não estava preparada para isso e fui embora. Mas voltei, conversamos e decidimos ir devagar. Hoje estou gostando dessa música, amanhã já não sei. Prefira ser essa metamorfose ambulante - foi o que ele me disse.

A Hora do Trem Passar - Raul Seixas

Você tão calada e eu com medo de falar
Já não sei se é hora de partir ou de chegar
Onde eu passo agora não consigo te encontrar
Ou você já esteve aqui ou nunca vai estar

Tudo já passou, o trem passou, o barco vai
Isso é tão estranho que eu nem sei como explicar

Diga, meu amor, pois eu preciso escolher
Apagar as luzes, ficar perto de você
Ou aproveitar a solidão do amanhecer
Prá ver tudo aquilo que eu tenho que saber


Um comentário:

Diana disse...

Qual é a graça de "ter aquela velha opinião formada sobre tudo?, afinal? (;