3 de jul de 2012

Bagagem Humana de Fim de Semestre

É essa vontade que me consome de pegar uma arma e fuzilar todos os meus colegas na universidade. Não, todos não. Só os que fazem trabalho comigo.

Mas, semestre que vem que me aguarde:

"O trabalho vai ser em grupo? Não, eu não vou fazer com você. O meu grupo será eu, aquela pedra ali no canto e, quem sabe, o ventilador.  Sim, porque até a pedra pensa mais que você. E o ventilador pelo menos vai manter o ambiente agradável. Já você meu bem..."

La la la la ♪

- Mari, você não era assim! Cadê aquela menina que ama todo mundo e não fica com raiva de ninguém?
- Ahh...Ela teve que ir embora para dar lugar aos outros que carrego nas costas.

Gente, não se assustem. Eu sou legal. Láááá no fundo...Beijos :)

2 comentários:

Andre Filipe Salesbram disse...

Podemos passar uma vida toda sendo aparentemente bons, legais, aceitando o que aparece sem relutas; nos enganando e enganando os outros. Mas vale a pena? Todos mudamos com o passar do tempo, eu fui um cara muito enganador. Eu me enganava achando que enganar os outros era benéfico a ambos. Não! Além de submetermos-nos a um jeito que não nos pertence - ao de agradar aos outros a qualquer custo - nos desagradamos e acumulamos algo péssimo dentro de nós. Resolução: Agir conforme o que pensa, de acordo com o seu querer, evitando chatear terceiros, mas chateando se for necessário. somente o necessário, fato subjetivo que depende do nosso querer. (BLARGH) Estou tentando chegar a esse patamar de sinceridade comigo e com terceiros, é difícil, mas tá valendo a pena!

Até! =)

Fernando Bach disse...

Sempre que posso faço individual. Com o tempo a gente aprende.