10 de nov de 2011

Precipitação da água atmosférica sob a forma de gotas.


Hoje está chovendo. Eu gosto da chuva e da tranquilidade que ela traz. Me dá vontade de ficar em casa, perto das pessoas que gosto, de ler um livro e beber café. Para alguns, nada melhor que a combinação chuva+pipoca+filme. Para outros, o melhor mesmo em dia de chuva é dormir.

Eu tenho até uma lista de músicas especiais para dias de chuva, a maioria delas, fala exatamente sobre a chuva:

Adoro Quando Chove - Bidê ou Balde
Alívio Imediato - Engenheiros do Hawaii
Have You Ever Seen the Rain - Creedence
Who'll Stop the Rain - Creedence
The Rain Song - Led Zeppelin
Fool in the Rain - Led Zeppelin
November Rain - Guns n' Roses (essa é ideal para esse mês, rsrs^^)

E têm aquelas que não falam de chuva, mas que gosto de ouvir em dias assim:

Someday Never Comes - Creedence
Stairway to Heaven - Led Zeppelin
Patience - Guns n' Roses
Ilex Paraguariensis - Engenheiros do Hawaii
Revelação - Engenheiros do Hawaii
The Zephyr Song - Red Hot Chilli Peppers
The Violet Hour - Sea Wolf
+ músicas do Legião Urbana


Fiz um desenho de uma menina na chuva há um tempo atrás. Um dia eu estava em Ijuí, esperando na parada de ônibus, numa noite de vento e chuva, e tinha uma moça esperando sozinha perto de mim. Ela tinha uma roupa bonita e eu gostei do jeito que o cabelo dela balançava com o vento. E como era noite, estava escuro e você enxergava as luzes em forma de círculos. Era uma bela imagem. Daí eu pensei que aquilo daria um belo desenho. Entretanto, não deu nada certo. Eu tive dificuldades de desenhar e saiu tudo errado. O cabelo não era assim, a bota não era assim. Concluí que não ia conseguir fazer as luzes e fiquei com preguiça de desenhar o fundo. E, qual é o problema com essa calçada? shauhsushau.
Mas enfim, o que vale é a intenção né?
As vezes você têm uma ótima idéia para desenhar, mas não tem técnica o suficiente para fazer aquilo dar certo.
O engraçado é que fico pensando que a moça, cujo nome nem sei, serviu de inspiração pra mim e ela nem imagina isso. As pessoas nem sabem o quanto podem fazer parte da vida das outras, que elas consideram desconhecidas. Eu acho isso incrível e triste, o amor platônico é um exemplo clássico do que estou tentando dizer.

PS: Adoro guarda-chuvas amarelos :)



Adoro quando chove, e eu queria ser inglês, e ter um guarda-chuva.
O tempo sempre ajuda, quando se tem alguém para pegar na mão.
Adoro quando nós não temos o que falar,
Eu fico só te olhando e pensando em te beijar - eu não preciso.
Pois você vai se adiantar!


Um comentário:

Fyona e Feiona disse...

Mas, mesmo assim seu desenho ficou bonito.
As vezes eu não termino os meus desenhos também.
é meio frustante...
bjo