17 de jun de 2011

Vida


Ontem, salvei uma borboleta. Se não o tivesse feito, ela teria morrido. Sua vida teria acabado ali, naquele instante, afogada na água. Depois que ela já estava suficientemente seca para poder voar, voou. Fiquei feliz em vê-la livre. Aquele momento foi simples mas significativo. São esses detalhes que me deixam feliz. Detalhes que fazem a vida parecer bela.

Nenhum comentário: